Amanda e Felipe

O dia em que conheci o casal no dia do casamento.

Amanda e Felipe são de BH mas moram em SP, nos reunimos via Skype e assinamos contrato trocando e-mails. Devido a distância e correria do dia a dia, cheguei para fotografar o making of na casa dos pais da Amanda sem ter conhecido o casal pessoalmente. Mesmo sendo um desconhecido sua família criou um ambiente que me deixou tão a vontade que parecia que eu os conhecia a anos. Com a casa cheia de pessoas vindas de todos os lugares, demorei um pouco para saber quem era da família e quem não era, pois seus pais tratavam a todos com o mesmo respeito e carinho.

A Amanda se mostrou uma das noivas mais maduras que já pude conhecer. Seu sonho era casar em um lindo dia de sol, mas chovia intensamente no dia do seu casamento. No momento em que muitas noivas estariam chorando inconsolavelmente a Amanda disse: “Eu queria um dia ensolarado, mas já estou tendo para este dia muito mais do que eu sonhei. Se Deus quis que chovesse hoje, este é o dia que Deus fez, e quero aproveitar ele“. Nem sei se ela sabe, mas as palavras que acabara de dizer já estavam escritas milhares de anos antes, no livro dos Salmos 118:24. A Amanda ficou pronta, era a hora de entrar no carro para ir para a celebração da cerimônia. Já não chovia mais neste momento, e deste momento em diante não choveu mais naquele dia (até abriu um por de sol no final da tarde).

Chegando na Igrejinha da Pampulha conheci o Felipe. Um noivo despojado, sem terno, que esbanjava afeto por todos os convidados cumprimentando todos de uma maneira muito carinhosa. Lembrei do trecho da letra “Pra Você Guardei o Amor”, de Nando Reis que diz assim: “o amor que aprendi vendo os meus pais, o amor que tive e recebi, e hoje posso dar livre e feliz”. Certamente só uma pessoa que recebeu muito amor pode dar tanto amor assim. A cerimônia terminou e fomos para a festa. Pessoas vindas de todos os cantos do Brasil (e até de fora) alegravam a noite e demonstravam o quanto o casal é amado por todos.

O casal ainda não sabe mas comecei minha preparação para seu casamento no dia anterior, checando os equipamentos sim, mas tomando remédios também. Sim, eu que não costumo tomar remédios por nada, estava sedado naquele dia devido a uma quase hérnia de disco. Por isso também levei um fotógrafo a mais para a festa. Eu tinha quase certeza que minha coluna travaria mais uma vez naquele dia, mesmo assim me entreguei totalmente neste casamento, pois um casal tão especial não merecia menos que meu melhor. O resultado vocês conferem nas imagens a seguir.

Dê o play e curta um som enquanto vê as fotos.

 

Fique um pouco mais e veja estes posts

Fique por dentro de ofertas exclusivas além de receber dicas para seu casamento. Cadastre seu e-mail


e-mail

contato@dissesim.com
Para uma resposta rápida utilize o
formulário na página orçamentos.

Workshops

Leve-nos pra sua cidade.
Chama no Whats:
(31) 99240.8752
Layer 1

Destination Wedding

Vai casar fora?
Não cobramos taxa de deslocamento!
Fotografamos em todo o Brasil e exterior.